O QUE É CRIME II?

Por FABIO COSTA PEREIRA 03/08/2021 - 19:15 hs


Em um país como o nosso, rico em beleza, diversidade humana e onde plantando tudo dá,  paradoxalmente acabamos por nos acostumar com o absurdo e a tolerar o intolerável.


A nossa benção de vivermos em um país exuberante, não fustigado por adversos fenômenos climáticos como tsunamis, contrasta, de forma direta, com os altos níveis de violência, corrupção e criminalidade a que estamos submetidos.


Como nossa maior aventura, ou desventura diária, o sair às ruas e retornar aos nossos lares sem que algum tipo de ato violento contra nós ou contra os nossos seja cometido, fica ao encargo  da flauta da fortuna que decide o nosso destino segundo o seu momentâneo humor.


Para sobrevivermos  na savana que se tornaram as nossas cidades, cheias de predadores prontos para nos despojar de nossos bens e mesmo de nossas vidas, acabamos por desenvolver verdadeiros “kits comportamentais” de sobrevivência na selva.


Portamos, em nosso “kit” sobrevivencialista, um enorme rol de condutas permitidas e proibidas, desde o não portar ou ostentar objetos de valor até o não frequentar determinados lugares em certos horários.


Sob as costas de quem cumpre as normas e se comporta como um exemplar cidadão é que se coloca todo o peso e a responsabilidade do estar seguro.


Quando, eventualmente, em um momento de descuido , em que a guarda está abaixada, o crime acontece, não faltará quem diga que a vítima deu bobeira e que facilitou a vida do bandido.


A subversão lógica é de tal ordem que censura-se mais a vítima desatenta do que o criminoso que está à espreita.


O crime, portanto, dentro desse contexto discursivo, é a normalização do que em qualquer sociedade minimamente ordeira e segura deveria ser considerado como intolerável.


O certo é que, até que o anormal assim seja considerado, para sobrevivermos aos cotidianos desafios impostos por nossa insegurança pública, teremos que manter o nosso “kit de sobrevivência” sempre à mão para o seu pronto emprego.


E que Deus tenha piedade de nós!


 FÁBIO COSTA PEREIRA para o Tribuna Diária



Se você gosta do nosso trabalho, por favor, contribua conosco, fazendo um Pix no valor que desejar, pelo QR CODE acima, ou identificando  nosso e-mail : contatotribunadiaria@gmail.com

Ou por nossa plataforma: