A BANALIZAÇÃO DOS JULGAMENTOS

o novo 'normal' e o 'normal' anterior, porque 'o Poder tem que se fazer presente

Por MARCELO BUHATEM 28/10/2021 - 11:38 hs

Na audiência pública do CNJ eu pontuei sobre o voto padrão 'acompanho o relator', que aumentou exponencialmente, o que não significa necessariamente alta produtividade, pois talvez seja mesmo uma aceleração da banalização dos julgamentos coletivos. Recomendou a presença do juiz nas chamadas Varas sociais (família, custódia, réus presos, etc), bem como nas comarcas pequenas com até 100 mil habitantes e aquelas de difícil acesso (AM). Pontuei, também, que a tal economia conquistada com o trabalho virtual dos juízos e tribunais, não significa uma Democracia mais robusta, quanto deve custar a Democracia de uma Nação, pois há muitos advogados que não possuem meios para ter acesso de qualidade à Justiça Virtual, etc.




Enfim, talvez seja recomendável somar o melhor dos dois sistemas - o novo 'normal' e o 'normal' anterior, porque 'o Poder tem que se fazer presente, não apenas virtual'. Quanto o aumento da produtividade, lembrei que, durante o afastamento social, com o "fica em casa" , e o fechamento do comércio, bares, restaurantes, Shoppings, cinemas, teatros etc só restava a opção de trabalhar em casa.

--------------------------------------------------------------------------------------
O NOVO NORMAL DO DIREITO
NÃO PERCA!

SE INSCREVA:

---------------------------------------------------------------------------------