Vacinação obrigatória?

Você já parou para pensar o precedente que está sendo aberto?

Por DIOGO SIMAS 21/10/2020 - 19:18 hs

Vamos lá...

Quem não se vacinar não colocará quem se vacinou em risco, pois quem se vacinou está imunizado e ninguém tem o direito de obrigar outra pessoa a ingerir uma substância, mesmo que seja uma vacina.

É até simples de entender.

Mas quem é controlador, quem gosta de ditar regras, quem é coletivista, enfim, quem gosta de dizer como as pessoas têm de viver, quer impor a vacina.

De um esquerdista, é claro que se espera esse comportamento.

O esquerdista, em sua loucura, quer que todos vivam de um jeito: O DELE! E se para isso tiver de colocar uma focinheira, uma corrente, gritar, xingar, matar, fazer uma revolução e tomar a liberdade de todos, não se engane, o esquerdista assim o fará.

É errado?

Sim, mas é esperado.

Porém, quando um dito liberal defende vacinação obrigatória é foda!

Sou contra vacinas?

Não!

Sou contra um burocrata de plantão obrigar que todos os obedeçam e sejam forçados a ingerir uma substância!

Você já parou para pensar o precedente que está sendo aberto?

Se você acredita que algo é bom, faça o seguinte: convença os outros racionalmente.

Mas se você quer impor sua ideia porque estudou mais, fala mais idiomas, é mais viajado e, por isso, sua vontade deve prevalecer, você não é liberal, é controlador.

E, controlador, se você quer ser obrigado a ser vacinado, sua vocação não é a liberdade, é a escravidão.

Eu respeito sua vocação.

Só não ouse pensar que todos são como você.

Você já é um escravo.

Nós somos livres.


       Sabe aqueles políticos das antigas?      Diogo Simas