O SILÊNCIO ENSURDECEDOR E O AVANÇO DA CRISTOFOBIA

No Brasil não acontece isso ainda...

Por SILVIO MUNHOZ 23/10/2020 - 16:42 hs

“Usam a destruição do cristianismo como forma de minar a resistência moral da população... e facilitar dessa forma um dos seus objetivos ‘extinguir o livre arbítrio do contexto social’.” Alexandre Costa, in Introdução à nova ordem mundial.

  Bastou o Presidente da República, no discurso da ONU, mencionar a necessidade de as nações se unirem para lutar contra os preconceitos às religiões cristãs e, pronto, se instalou a polêmica.  Muitos esquerdistas dizendo que isso não ocorre no Brasil, enquanto para alguns ‘especialistas’ é um discurso que tem relação com a ideia de marxismo cultural, uma teoria da conspiração disseminada por figuras de extrema direita.[1]

  No mundo, de acordo com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil apoiada em pesquisa da entidade America Pew Research Center, em 2017, aproximadamente 2,18 bilhões de pessoas dizem professar a fé cristã[2].

  No Brasil, segundo os dados do último censo realizado pelo (IBGE), 86,8% da população brasileira se declara cristã. Porém, dados da ONG Portas Abertas — que apoia cristãos perseguidos no mundo — o Brasil não consta entre os 50 países onde são mais perseguidos.

  Quanto à perseguição aos cristãos no mundo, principalmente em países ditatoriais (embora como dito por nossa especialista ‘marxismo cultural é uma teoria da conspiração’), não é segredo para ninguém, basta ver o que está acontecendo hoje na China e em outros países fatos amplamente divulgados pela ‘imprensa internacional’, um belo resumo dessas atrocidades você encontra no vídeo :


  Passados alguns dias da polêmica, o assunto voltou à tona por conta do incêndio de duas Igrejas no Chile[3] por ativistas de extrema esquerda que parte de nossa imprensa comprometida chamou fofamente de manifestantes, os quais vibraram intensamente quando caiu em chamas a cúpula - representações dos “céus”, são usadas para lembrar a beleza e a grandeza de Deus - de uma delas e, inclusive, alguns posaram para fotos nos escombros da casa de Cristo.

  No Brasil não acontece isso ainda, mas já começou a cristofobia cultural que visa à destruir a imagem da Igreja perante os olhos de seus admiradores, ou seja, estão lentamente movendo a ‘janela de overton’[4] que é uma ferramenta de engenharia social.

  No Brasil, da Constituição Federal[5] - promulgada sob a proteção de Deus, como diz a introdução – que adotou o Estado Laico, sinteticamente, - não assumir o Estado as funções religiosas e adotar uma posição de neutralidade, embora reconhecendo todos os cultos e o papel da religiosidade -, os agentes da cristofobia, propositadamente, confundem com laicismo, “desconfiança ou repúdio da religião” ou com oposição absoluta às religiões ou “ateísmo de Estado” como acontece nos estados totalitários.

 Por conta disso, é postulado, por exemplo: “retirada dos símbolos religiosos dos prédios públicos de São Paulo; é aberto processo contra prefeito por trocar o IPTU de templos religiosos pela realização de cirurgias de catarata; é ajuizada ação contra o Rio de Janeiro para remoção dos oratórios existentes em praças públicas; é proposta ação contra o a cidade de Sorocaba exigindo a retirada de placa com a inscrição “Sorocaba, é do Senhor Jesus”. Em Aparecida do Norte, cidade turística que vive do amor do povo pela Santa é impedida a montagem da estátua da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, presente de um artista pelos 300 anos do encontro da imagem da Santa, origem do próprio município.

  Além disso, no Tribunal Superior Eleitoral é proposto “o abuso de poder religioso como hipótese a ser punida, inclusive, com a cassação do mandato”. Por sorte a maioria dos Ministros foram iluminados e a ideia foi derrotada.  Não olvidemos a exposição de museu que, dentre outras ofensas, de forma blasfema escrevia palavrões nas hóstias sagradas – o corpo de cristo - nem o especial de final de ano de ‘site humorístico’ que pintava Jesus como homossexual ou a escola de samba em cujo enredo o Capiroto arrastava a figura de Cristo no asfalto, em clara alusão a vitória do mal na eterna luta da humanidade etc, etc, etc...

  Começa assim, mandam retirar cruzes, estátuas, oratórios, frases simbólicas, tentam criminalizar a religião, blasfemam no corpo de Cristo representado pela hóstia, pintam-no como homossexual e o arrastam no asfalto... Se ficarmos calados (somos mais de 80% da população) não há dúvida amanhã estarão incendiando Igrejas e será só o começo.  Amanhã ou em futuro próximo estarão prendendo e, quiçá, matando aqueles que professam a fé cristã, em qualquer de suas variantes.

   O que mais assusta, frente a todas as atrocidades e profanações da fé cristã, é o silêncio ensurdecedor do Vaticano... Parece estar mais preocupado com outras causas[6] e alheio à necessidade de proteção de seus fiéis e dos templos de Deus.

“Talvez chegue o dia em que sejamos obrigados a negar nosso Deus, mas esse dia não é hoje.”  Adriano Alves-Marreiros[7]

“Porque o senhor conhece o caminho dos justos; e o caminho dos ímpios perecerá.” Salmos, 1.6.

  Que Deus nos proteja!... 

Silvio Miranda Munhoz, membro do MPPS e do MCI. O presente texto reflete, única e exclusivamente, o pensamento do seu autor.

 

  

 



[1]https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwj2q87B0sXsAhVbL7kGHTSqA_0QtwIwAXoECAUQAg&url=https%3A%2F%2Fwww.em.com.br%2Fapp%2Fnoticia%2Fpolitica%2F2020%2F09%2F22%2Finterna_politica%2C1187876%2Fcristofobia-entenda-o-conceito-utilizado-por-bolsonaro-na-onu.shtml&usg=AOvVaw0S0VgX70NvjeHzNQVBZ7S3

[2]https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwiEnqy92MXsAhVxIbkGHRWKDhoQFjAAegQIBBAC&url=https%3A%2F%2Fwww.cnbb.org.br%2Fcristaos-no-mundo-7-bilhoes-de-pessoa-dizem-professar-a-fe-crista-segundo-instituto-de-pesquisa-pew-research%2F&usg=AOvVaw1eG1f--KyzgPb7IE1cN2ZN

[3] https://www.google.com.br/amp/s/www.correiobraziliense.com.br/mundo/2020/10/amp/4883097-igrejas-sao-incendiadas-e-destruidas-durante-protesto-no-chile.html

[4] Mas a teoria de Overton não se limitou a isso e provou que essa tal janela não só é mutável como manipulável. https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwjY-cjc3cXsAhWlI7kGHQZ-CGUQFjACegQIBBAC&url=https%3A%2F%2Fveja.abril.com.br%2Fblog%2Freinaldo%2Fa-janela-de-overton-ou-como-fazer-a-opiniao-publica-se-deslocar-de-um-ponto-para-outro-ignorando-o-merito-das-questoes%2F&usg=AOvVaw0XDvWd21jVXdRqjgt0Focl

[5] Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:
I – estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;”

[6]https://www.brasil247.com/mundo/papa-francisco-defende-leis-para-uniao-civil-entre-casais-do-mesmo-sexo?amp=&utm_source=Whatsapp&utm_medium=whatsapp-amp&utm_campaign=whatsapp

[7] https://www.tribunadiaria.com.br/ler-coluna/395/cristofobia-a-nova-religiao-oficial.html