É A SUA VIDA!

A solução é óbvia: médicos e pacientes têm a Liberdade para escolher o que fazer.

Por DIOGO SIMAS 09/06/2021 - 19:04 hs

Você é contra o tratamento precoce?

Você é contra o tratamento imediato?

Qual a alternativa?

Vacina?!

Vacinas?!

Vacinas são para que as pessoas não desenvolvam a doença ou não a desenvolvam de maneira grave (prevenção), e antes que perguntem ou deduzam loucuras (não sei como alguns fazem isso), sou totalmente a favor de vacinas e tomo vacina semanalmente (sou alérgico e, sim, toda semana tomo vacina).

Mas e se a pessoa contraiu o vírus e desenvolveu a doença, o que fazer?

Segundo os senadores da CPI e alguns lunáticos, NADA!

Pegou Covid, boa sorte! Espere e torça para não dar nada.

No fundo, é exatamente isso.

A solução é óbvia: médicos e pacientes têm a Liberdade para escolher o que fazer.

Contraiu o vírus?

Não quer tomar medicamento algum?

Não tome.

Quer tomar algum medicamento?

Tome.

Pessoalmente, entendo que todo medicamento deve ser ingerido com orientação médica, mas até isso é uma escolha.

O indivíduo é responsável por si.

Sim, o vírus é real, o risco é real, o sofrimento é real e as mortes são reais e justamente por isso é preciso que o indivíduo, e não os parasitas estatais, decida o que fazer com a sua vida.


 Diogo Simas.