Prefeita usa sirenes para toque de recolher

Cenas só vistas durante os bombardeios alemães na segunda guerra, se tornaram rotina em Pelotas

10/08/2020 - 15:07 hs

NOTA DA REDAÇÃO:

"O vídeo que circulou na internet e nos perfis de dois deputados federais, teve o som de sirenes acrescentado por um usuário de redes sociais, que logo após, assumiu a autoria da "brincadeira de mau gosto" o som foi tirado de um vídeo público sobre a série  "The Purge", uma franquia americana de filmes de terror e ação, composta por quatro filmes e uma série de televisão." As demais informações são factuais e por uma questão de transparência, mantivemos a matéria.


Segue a matéria:


A prefeita Paula Mascarenhas,da cidade de pelotas no Rio Grande do Sul, decretou um  lockdown no final de semana, com direito a barreira policial e sirenes de aviso para que a população se recolha das ruas ao longo da noite, apesar da notória ineficácia do método no restante do país.

As cenas são perturbadoras, divulgadas nas redes sociais pelos deputados Carla Zambeli e paulo Eduardo Martins, aparentam contrariar a decisão do Tribunal de Justiça que suspendeu dois pontos do decreto, que impedem a prefeitura de fiscalizar a circulação de pessoas e de veículos.

Os recentes acontecimentos no Brasil têm se tornado algo esquizofrênico no desencontro entre decretos e decisões judicantes provindas da decisão do STF de deixar à cargo dos governadores e prefeitos esse tipo de decisão.

Segundo a prefeita, "apenas" 10 multas foram aplicadas, e dois eventos clandestinos, desarticulados, nos dois primeiros dias de lockdown.