ÁLBUNS ICÔNICOS

Os 365 mais da história do Rock - 223

Por Colunista Misterioso 16/09/2020 - 01:05 hs

ARTISTA: Alice Cooper
ÁLBUM: Welcome to My Nightmare
Estados Unidos, 1975
Alice Cooper, nascido Vincent Damon Fournier (1948- ), é filho de um pastor protestante. Passeia por todos os estilos pesados, mas também se dá bem com algo mais palatável como baladas mais ou menos adocicadas e até se perdeu um tanto no meio delas pelos idos dos anos 90, mas sua casa é mesmo do hard ao heavy, onde funcionam bem seu visual “gótico”, com o ambiente cheio de caveiras, sangue falso, guilhotinas, cadeiras elétricas, instrumentos de tortura e referências a pesadelos. Adotou o nome da banda da qual fora vocalista no final dos anos 60 e foi um tremendo sucesso com particularmente três álbuns, School’s Out, de 1972, Billion Dollar Babies, de 1973, que abordamos na coluna 109 e este Welcome To My Nightmare, a sequência que permitiu que expandisse sua fama além de Detroit. Na verdade, isso já vinha acontecendo antes: ele já tinha o apelido de The Godfather of Shock Rock e vinha de quatro álbuns quando isso começou, e à altura deste Welcome to My Nightmare já eram sete com a banda “Alice Cooper”; então tecnicamente esse Welcome... é seu primeiro álbum solo, o que dá no mesmo, e daqui se destacam a balada (todo álbum de hard tinha que ter uma dessas por álbum) “Only Women Bleed”, “The Black Widow”, “Department of Youth” e a faixa-título, “Welcome do My Nightmare”.