Os Hackers do TSE

Os dados eram de um servidor abandonado

16/11/2020 - 15:19 hs

os dados vazados na internet por um suposto grupo de hackers vinham de um  antigos servidor abandonado desde 2001.

Agora, o grupo diz estar em posse de um pacote de dados subtraídos do TSE recentemente e ameaçam publicar na web, nos próximos dias para desmentir as agências de checagem rotularam a notícia como uma "Fake News".

Segundo apurado pelo site de notícias especializado, TecMundo, em entrevista coletiva na tarde de hoje, o TSE informou que nenhuma tentativa de ataque hacker à Corte foi bem-sucedida neste domingo. Luís Roberto Barroso, presidente do TSE, também comentou o "vazamento" em questão, afirmando que os dados seriam velhos, obtidos muito antes de a instituição reforçar seus sistemas.

Luís Roberto Barroso alfineta colegas no STF e depois recua - Política - iG