ÁLBUNS ICÔNICOS

Os 365 mais da história do Rock - 289

Por Colunista Misterioso 23/11/2020 - 23:44 hs

ARTISTA: Badfinger
ÁLBUM: Straight Up
Reino Unido (País de Gales), 1971
Chamam isso de “power pop” ou “soft rock”. Alguns acham que é um som meloso demais para ser considerado “rock’n’roll”. Mas é. O Badfinger tem uma história trágica, apesar de seu sucesso inicial, e teve importância em sua época, sim, produzindo hits como “No Matter What”, “Come And Get It” ou o mega-sucesso “Without You”. De 1961 a 1967 atuaram como The Iveys, gravaram um álbum mais ou menos inexpressivo e abriram concertos de bandas mais famosas. Ao trocarem de nome, em 1967, permaneceu na banda Pete Ham (1947-1975) e juntou-se a eles Tom Evans (1947-1983), dupla que viria a ser o núcleo criativo da banda, e partiram para uma linha aparentada com outra banda de enorme sucesso datado, a amaricana Bread. Mas, apesar do sucesso, tanto Ham quanto Evans viriam a se suicidar por motivos envolvendo depressão.
Seu nome provém do nome original de “With a Little Help From My Friends”, de Lennon e McCartney, que era “Bad Finger Boogie”. Este Straight Up, seu terceiro trabalho de estúdio, trazia como destaques “Name Of The Game”, “Baby Blue”, “Pefection” e “Day After Day”, produzida por George Harrison.