MINISTRO TOFFOLI NA MIRA DA FEDERAL

PF pretende investigar suspeita de repasses ilegais a Toffoli

12/05/2021 - 09:51 hs

Dias Toffoli entra no radar das investigações da policia Federal por repasses ilegais que envolveriam uma possível venda de decisões judiciais, com base na colaboração premiada firmado com o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.

Toffoli pode ter recebido R$ 4 milhões pagos pelo ex-secretário de obras do estado Hudson Braga ao escritório da esposa do magistrado, a advogada Roberta Rangel, para favorecer dois prefeitos fluminenses em processos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), assim afirma o ex-governador para os investigadores da operação LAVA- JATO.

Coube ao ministro Edson Fachin, relator, a homologação do acordo, em nota, Toffoli disse “não ter conhecimento dos fatos mencionados e disse que jamais recebeu os supostos valores ilegais”.