VOTO IMPRESSO

Se discute de tudo, menos a vontade do povo

16/07/2021 - 16:34 hs

A comissão especial criada pela Câmara dos Deputados para analisar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/19, que torna o voto impresso obrigatório, está reunida nesta sexta-feira (16), no plenário 1, para votar o parecer do relator, deputado Filipe Barros (PSL-PR).

 

No último dia 5, a comissão encerrou a discussão sobre o relatório. Oito deputados da oposição apresentaram votos em separado em que pedem a rejeição da proposta e defendem a manutenção da urna eletrônica atual. Houve pedido de vista conjunto do texto, adiando a votação para hoje.

Publicamente, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) é rejeitada por dirigentes de 11 partidos políticos.

O Vice-presidente defende que os Poderes "abaixem a bola e o tom" pelo bem do Brasil e lembra que Bolsonaro sofre com as pressões criadas pelo acirramento da disputa política e o andamento da CPI da Covid.

Para surpresa geral de ninguém, Mourão está certo ao enfatizar a relação entre ambas (CPI e votação da PEC), muito tem se levado em conta no congresso, exceto a vontade dos eleitores.