STF CENSURA BRIGA DE BOTECO

Alexandre de Moraes abre TCO para quem fala mal dele em roda de bar

06/09/2021 - 16:12 hs

Segundo o boletim de ocorrência registrado no 14º Distrito Policial da capital paulista e confirmado pelo site “Poder360”, vigilantes particulares de um clube avisaram a um integrante da escolta pessoal de Alexandre de Moraes que indivíduos embriagados no interior do clube Pinheiros estariam proferindo ameaças e injúrias à pessoa da vítima.

Segundo consta, no TCO insólito, haja vista que crime de injúria e caso de ação penal privada e condicionada ao interesse exclusivo da vítima, um agente de segurança do ministro do STF teria constatado da calçada, e, por meio da grade do clube, 4 indivíduos em uma mesa falando alto e ingerindo bebidas alcoólicas...

Difícil escolher o pior, se o STF censurando discussões de bar, ou agentes se infiltrando entre cidadãos para dedurar os incautos, como na época da Gestapo, onde uma rede gigantesca de delatores se estendia entre garçons, engraxates e afins, com o intuito de controlar os ímpetos de crítica ao regime entre a população.