RESUMO DA ÓPERA

Brasília em pânico

08/09/2021 - 11:27 hs

Alexandre de Moraes se lembra de algo esquecido dos antigos manuais de direito de quando era professor e publica nota sobre o 7 de Setembro. “Comemoramos nossa Independência, que garantiu nossa Liberdade e que somente se fortalece com absoluto respeito a Democracia”.

 

Enquanto isso, PSDB, PT e Solidariedade protocolaram durante o feriado, terça-feira (7), uma Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a Medida Provisória editada pelo presidente Jair Bolsonaro sobre o Marco Civil da internet, para tentar retomar as rédeas do “combate às Fake News.

 

Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, que sabe que hoje não há apoio suficiente no Congresso Nacional para o afastamento do presidente, avalia que é o momento de aumentar a oposição ao governo:

“A reunião será com todo o centro democrático para discutir um apoio ao impeachment. O presidente atentou contra a democracia, então a resposta da democracia é o impeachment”.

 

Rodrigo Pacheco, vê como uma tentativa de constrangimento o anúncio feito pelo presidente Jair Bolsonaro sobre uma suposta reunião do Conselho da República, que ocorreria na quarta (8), um dia após os atos de 7 de Setembro. Porém, Ministros da área política disseram que o encontro, previsto para esta quarta-feira, as 9h30, é do Conselho do Governo, integrado pelos ministros do próprio governo e pelo vice-presidente, Hamilton Mourão, em caráter consultivo para discutir ações do governo.

É possível que um dos temas da pauta do encontro desta quarta seja justamente a hipótese de convocar o Conselho da República.

 

Cúpula do Judiciário vê ameaças de Bolsonaro como “declaração de guerra”.

 

Zé Trovão, que está foragido, dá ultimato ao senado para que paute o impeachment dos ministros do STF nas próximas 24 horas ou arquem com as consequências de uma paralização dos caminhoneiros.

 

Enquanto isso, os tanqueiros de Minas Gerais voltaram a trabalhar nesta quarta-feira (8/9). Depois da paralisação de 24 horas em 7 de setembro após registrarem algum desabastecimento na capital mineira.