THE DAY AFTER

Tirar o apoio a Bolsonaro é o mesmo que apoiar os adversários do povo brasileiro

Por POLÍBIO BRAGA 10/09/2021 - 10:43 hs

A Nota à Nação divulgada ontem a tardinha pelo presidente Jair Bolsonaro, causou perplexidade entre seus apoiadores e adversários, ambos divididos diante da publicação e da forma como foi feita.

A reação dos apoiadores foi a mais irada e começou verdadeira debandada, movimento contido por esta declaração do general Augusto Heleno: "Tirar apoio de Bolsonaro é o mesmo que apoiar os inimigos do povo brasileiro". E é isto.

 

As redes sociais registraram pouquíssimos apoios, algumas manifestações de compreensão e muita oposição, desalento e até debandada, porque os apoiadores esperavam por medidas de força contra o STF, inclusive através do uso de ferramentas legais e até extra-legais.

 

É visível que neste primeiro momento, Bolsonaro perdeu muito entre seus apoiadores, que sequer contaram com algum tipo de explicação por parte do presidente. Ativistas como Zé Trovão, Silas Malafaia e Oswaldo Eustáquio, por exemplo, reagiram com intolerância. "Game is over", avisou Allan dos Santos (Terça Livre). Malafaia avisou: "Sou aliado, mas não sou alinhado". Por outro lado, o filósofo Olavo de Carvalho avisou que o jogo político escolhido por Bolsonaro está correto, o que também pensa o editor desta matéria.