AMOEDO, O NOVO SEM TETO DA POLITICA

Partido Novo rejeita volta de Amoêdo ao comando

Por POLÍBIO BRAGA - ED. TRIBUNA DIÁRIA 28/09/2021 - 12:33 hs

Amoêdo adotou posição agressiva de hostilidade a Bolsonaro e estava aliando-se a lulopetistas para derrubar o governo da República.

O Diretório Nacional do partido Novo vetou a volta de João Amoêdo, fundador do partido e ex-candidato à presidência, para o comando do partido. Em votação na noite desta segunda-feira, da qual participaram os seis integrantes do diretório, o ex-dirigente do partido obteve apenas três votos favoráveis ao seu retorno, segundo soube o editor.Outros três membros do órgão votaram contra a sua volta. Pelo estatuto do Novo, a decisão teria de ser apoiada por pelo menos 2/3 dos integrantes do DN, ou seja, por 4, para que ele pudesse regressar e reassumir a presidência. Amoêdo renunciou à presidência do Novo em março de 2020.

 

Votaram contra o pleito de Amoêdo [...] o atual comandante do partido, Eduardo Ribeiro, além de Guilherme Enck, secretário Administrativo, e André Strauss Vasques, secretário-adjunto”.