SUAS DECLARAÇÕES SÃO ESSENCIALMENTE POLÍTICAS E AMEAÇADORAS!

Diz o Cel. José Gobbo Ferreira, em carta aberta para o ministro

Por José Gobbo Ferreira 26/11/2021 - 16:20 hs

Senhor Ministro Alexandre de Moraes:


QUEM É JOSÉ GOBBO FERREIRA, NOVO NOME COTADO PARA ASSUMIR O MINISTÉRIO DA  EDUCAÇÃO(MEC) ~ Professor Taciano Medrado

Tomei conhecimento de sua participação pública no III Encontro Virtual sobre Liberdade de Expressão e fiquei estarrecido com suas declarações essencialmente políticas e ameaçadoras. Como cidadão amante da liberdade em seus diferentes aspectos, concedo-lhe o direito da liberdade de expressão. Mas também me dou o direito de usar a minha própria para comentar que vindas de um Ministro do Supremo Tribunal Federal que será o próximo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, eu as considero inadequadas e inoportunas.

Primeiro porque seria necessário definir o que o Sr. chama de “nova extrema direita”, que evidentemente o Sr. repudia e acusa de “estar invadindo o poder com o objetivo de corroer as instituições democráticas”. Isso é muito sério pois o Sr. acusa uma suposta posição política que, nesses termos, não vislumbro neste País, afirmando desde já que ela não lhe agrada, exatamente ao Sr. que será o juiz que presidirá as próximas eleições. Ouso lembrar-lhe que o Sr. estará lá para fazer respeitar a vontade do povo expressa pelo voto, e não para impor-lhe suas impressões pessoais.

Segundo, porque do mesmo Encontro participavam militantes evidentemente da extrema esquerda, esquerda essa que já propôs a “família do século XXI”, a ideologia de gênero a abolição das religiões e um de seus representantes já declarou até mesmo que eleições não são importantes. O importante seria tomar o poder. E tive a impressão que o Sr. se sentia muito à vontade com a participação deles enquanto abominava uma suposta extrema direita.

Em terceiro lugar, gostaria de lhe sugerir que procurasse se informar sobre a Escola de Frankfurt e sobre o comunista Antonio Gramsci. O Sr. descobrirá que ambos perceberam quase simultaneamente que as revoluções violentas não estavam mais conseguindo implantar o comunismo, principalmente em países economicamente mais desenvolvidos e naqueles em que as tradições e as ideias de família e religião estavam bem implantadas. Daí Gramsci ter sugerido que a tomada do poder fosse realizada por meio de eleições, aproveitando-se dessa facilidade que os regimes democráticos lhes ofereciam. Não foram ideólogos americanos que criaram essas ideias. Volte um pouco no tempo.

E se o Sr. quiser de fato saber quem está corroendo as instituições democráticas deste País, olhe-se no espelho! É o Sr., mais seus colegas de Pretório, que abalaram o Estamento Jurídico Brasileiro. O Sr. e seu chefe criaram a figura do cidadão que no mesmo processo, instaurado à revelia do Ministério Público, pode assumir as posições de vítima, acusador e juiz simultaneamente. Que pode mandar prender cidadãos a seu bel prazer a despeito do fato de não haver qualquer lei que respalde sua decisão. Que pode negar a eles o elementar direito de defesa até mesmo impedindo a seus advogados o acesso aos autos desse processo Kafkiano. Suas ações e muitas outras do Tribunal a que o Sr. pertence semeiam a intranquilidade e a insegurança jurídica no Brasil.

Sr. Ministro, Sou Cristão e Conservador, e quando o Sr. cita Hungria e Polônia como países em que a tal extrema direita procura “corroer a democracia”, me vem um longínquo receio que na verdade o Sr. esteja se referindo a esse conservadorismo que professo. Posso estar enganado.

Muito antes do Sr. nascer esta terra já era minha Pátria. Antes de o Sr. ter sido batizado eu já havia prestado à minha Bandeira o Compromisso de defende-la ainda que com o sacrifício da própria vida e antes que as ideias, essas sim, corrosivas, invadissem nosso País eu já estava na linha de frente da contrarrevolução de 1964 para combate-las. Com essa bagagem, Sr. Ministro, se por acaso meus receios forem corretos, lhe asseguro que pode ficar sossegado.

Nenhum Conservador patriota deseja corroer democracia nenhuma, muito pelo contrário. Queremos em nosso Brasil uma democracia verdadeira e solidamente implantada, imune a agressões eufemisticamente chamadas de “moderadoras”, para que possamos desfrutar com tranquilidade e segurança jurídica as maravilhas dessa Pátria que é nossa e sempre será.

Respeitosamente,

José Gobbo Ferreira.


Patch Bordado Simbolo Exército Brasileiro Ex10104 | Parcelamento sem juros



Coronel Veterano Engenheiro Militar do Exército,

Doutor em Engenharia Aeroespacial, Professor e Pesquisador Titular aposentado do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.