POLÍTICA BRASILEIRA – OLHO NO OLHO

2022 - não deixe de lado o marketing boca-a-boca


POLÍTICA BRASILEIRA – OLHO NO OLHO
Gustavo Brandão e Mariana Vollero - Transição de Liderança Lux Brasil

Nos aplicativos de mensagem, é difícil quem não está em menos de cinco grupos. Grupo da família com tretas épicas, do futebol, das fofocas, do trabalho...  E aquele de política com um mar de informações compartilhadas em vários formatos: áudios, vídeos, textos, e-books, links de redirecionamento e por aí vai.



Hoje mesmo uma amiga de minha família, Sra. Mariana Vollero, que faz parte de grupos ativistas de direita conservadora de Ponta Grossa, Paraná, compartilhou o ponto de vista dela sobre a importância das ações off-line, do olho no olho, o um-a-um.



Não posso emitir uma opinião de modo geral porque me faltam dados, no entanto, ao que se vê por aí, são muitas ações digitais e poucas ações concretas, como por exemplo, acompanhar votações importantes na câmara de vereadores, posicionar-se contra aquilo que não agrega para a população, levantar cartazes, falar com o tio do café, a moça da pastelaria, o senhorzinho da praça que joga xadrez ao final da tarde.



Essas são as pessoas que tem o poder de decidir as eleições. Por que não estamos falando com elas? 



Temos muitos grupos, com as mesmas pessoas, e na hora do “vamo vê” falta proatividade. Nas palavras da Mariana: “não podemos ficar em casa sem fazer nada”. Inclusive uma sugestão dela que compartilho com vocês: tome as ações cabíveis para mudar o horário de atuação da sua câmara de vereadores. 



Dos ativistas, muitos trabalham e não podem participar; outros que podem, mas não vão por medo de retaliação, outros por preguiça, e outra parte por falta de conhecimento.



Pasmem: as pessoas não sabem o que está acontecendo! É o marketing boca-a-boca, o tal do rádio peão como chamamos aqui. Esse é um trabalho extremamente importante que não pode ser deixado de lado.



Não subestime o poder de um abaixo-assinado. 



É um documento de solicitação coletiva, tanto para manifestar apoio como para demostrar queixa por algo que não vai bem. O abaixo-assinado bem escrito, bem explicado vai ter aderência. Mas alguém precisa fazer a frente.



Você acha que tem pouco conhecimento, mas, para quem não sabe nada, você tem tudo. 



Não caia na armadilha mental de que você tem que ser um especialista em determinada área para falar sobre algum tema, saiba pouco, mas saiba bem; o perfeccionismo está matando a direita conservadora.



A maior parte do nosso trabalho é desmentir as avalanches de mentiras escrachadas ou maquiadas pelos reptilianos e orcs da esquerda. Só precisamos saber a verdade e defendê-la, no demais, vamos aprendendo na jornada, criando repertório e argumentos, com o tempo afiamos o machado.



Não vamos perder a disposição de desmontar as falácias, estórias e factoides criados pelos inimigos do Brasil.



Assim como Sra. Vollero, bem pontou: “vamos se mexer gente”. 

Vamos por etapa, um a um. 



Olho no olho.

 

 Se você gosta de uma mídia honesta, que traz a opinião de colunistas sensatos e sem “rabo preso”, saiba que nós também!

 

Por isso precisamos do seu apoio. Com menos de R$0,35 centavos por dia, você estará nos ajudando a informá-lo com imparcialidade e transparência, todos os dias!

 

Basta clicar no link abaixo:


https://apoia.se/tribunadiaria


Logo do APOIA.se