O AMOR NOS TEMPOS DA PANDEMIA

Na medicina e no amor: nem jamais, nem sempre

Por Sonia Nogueira Pedreira e Antonio Pedreira 26/04/2022 - 21:54 hs

  

Em se tratando de AMOR ninguém jamais dirá a última palavra. Embora se diga que na medicina e no amor, nem jamais nem sempre.


De fato, as relações humanas têm as suas complexidades, que se tornam evidentes através das interações: na família, no casal, na área social e na área ocupacional / acadêmica. Com o objetivo de apresentar interessantes conteúdos deste tema inesgotável, começamos esta nossa Live clarificando que embora o amor seja abstrato, ele é universalmente propagado nas mais diversas concepções.


Buscamos fontes clássicas e atuais para o melhor entendimento as mais diversas modalidades do verbo amar. Assim, constatamos que para além da pandemia, essa experiência humana sempre esteve sujeita a oscilações, desentendimentos e descaminhos. Objetivando uma comunicação clara e efetiva, valemo-nos de uma longa experiência na prática psicoterápica para aferir o que alterou cada um dos parâmetros da relação amorosa.


Como não poderíamos deixar de lado o papel catalizador das redes sociais na redução do distanciamento social no decorrer da crise sanitária desencadeada há dois anos e, felizmente, abrandada nos dois últimos meses. Analisamos os fatores favoráveis e desfavoráveis do mundo virtual, os seus riscos e do crescimento exponencial da ansiedade.


Correlacionamos tudo isso com a teoria da Análise Transacional quando falamos das Fomes Psíquicas e Estruturação Social do Tempo (de Eric Berne), assim como outra visão das Oito Necessidades Relacionais (de Richard Erskine).


Valemo-nos de dados estatísticos recentes para enfocar o novo padrão na escolha de parceiros em potencial, e também os desdobramentos da hiper convivência na família versus a lacuna deixada nos relacionamentos entre amigos.


Contamos com a sua presença e esperamos que você se sinta instigado a pensar como andam as suas relações de amor.


 

...........................................................................