O efeito coronavírus em bares e restaurantes.

Pandemia já mostra seus efeitos avassaladores no setor.

Por Lucas Garofalo 29/06/2020 - 12:22 hs
Foto: Perfil da lanchonete

   De acordo com reportagem na revista Oeste pela jornalista Roberta Ramos no último dia 28, 35% dos bares e restaurantes de todo o Brasil encerraram definitivamente suas atividades. O motivo: a demora da reabertura e/ou flexibilização do isolamento social.

   A pesquisa que apurou os dados foi feita pela ANR - Associação Nacional dos restaurantes em parceria com a Galunion Consultorias. O levantamento também apontou que outros 15% dos empreendedores do setor acreditam que não conseguirão voltar para o mercado, pois será impossível pagar todos os custos que envolvem a atividade e sua manutenção. 

   A despeito de estes e outros efeitos em diversas áreas, vários prefeitos e governadores estão simplesmente fechando ainda mais o laço no pescoço de comerciantes e da população em geral. O prefeito de São Paulo Bruno Covas determinou que o retorno às atividades somente no dia 6 do mês de julho. O prefeito Alexandre Kalil na última semana determinou Lockdown para a cidade de Belo Horizonte, o que vai tirar das ruas uma média de 53 mil trabalhadores na capital mineira. 

   Com informações inconclusivas e políticas isolamento que mais se parecem com políticas de encarceramento social, a população Brasileira vai sentindo os efeitos extra-vírus das ações de seus governantes, que tem o vírus como justificativa.